Português (Brasil)

Projeto cultural narrará fatos sobre a história de União

Projeto cultural narrará fatos sobre a história de União

De autoria do produtor cultural Ramon Barros, o projeto "Vozes Que Ecoam" tem como finalidade levar o conhecimentos de fatos historicos do município.

Compartilhe este conteúdo:
Primeiro episódio contará as origens dos Festejos de São Raimundo Nonato. (Foto: Divulgação).

 

O projeto cultural "Vozes Que Ecoam", do produtor Ramon Barros vai realizar uma serie de audiodocumentários que permitirá a população o acesso à informação e cultura local, estimulando o consumo destas produções. Um dos principais focos do projeto é levar o conhecimento de fatos e histórias que retratam a nossa cidade, mas que são pouco conhecidas ou até mesmo desconhecida por grande parte dos unionenses. Pessoas com deficiência visual, disléxicos, idosos e outros que não possuem condições de acesso ao mundo dos livros, são os grandes beneficiados com o projeto.

Segundo Ramon Barros, a popularidade crescente de audiolivros, ou audiodocumentários coincide com o aumento dos podcasts e mostra uma crescente sede por conteúdo de áudio. Os audiolivros ajudam pessoas a aprenderem palavras e compreenderem a composição que elas formam sem o processo de decodificação das letras. Para alguns, isso também é mais confortável. “Desta forma, faremos com que pessoas que apresentem dificuldade na leitura e não saiba interpretar textos da forma “correta” consigam ser inseridas neste contexto”, afirma o produtor.

O primeiro audiodocumentário da série está previsto para ser lançado ainda neste mês e vai contar os primórdios dos Festejos de São Raimundo Nonato. Vários historiadores, como: Danilo Reis, José Raimundo Sousa e membros da sociedade contam a história do início dos festejos de São Raimundo Nonato, Co padroeiro de União.

Ao todo 4 audiodocumentários serão produzidos nas mais diversas áreas de conhecimento e cultura local, apresentando características marcantes através da oralidade dos compõem a narrativa. O projeto conta com a ajuda de entidades como a Equatorial Piauí, através do SIEC, Secretária de Estado da Cultura e do Governo do Piauí. “Além destes parceiros também contamos com a importantíssima colaboração do historiador Danilo Reis, peça fundamental no desenvolvimento deste projeto” disse Ramon Barros.

Ramon Barros é produtor cultural há mais de 19 anos, produzindo espetáculos juninos com a quadrilha Arroxa o Nó, peças teatrais com a Uni artes, além de produções musicais com grandes artistas unionenses tais como Irla Milena, Erica Galvão, Everton Lopes e Sávio Machado, todos com músicas autorais.

Compartilhe este conteúdo: