Português Italian English Spanish

Caso Flaviana: Acusado confessa assassinato da ex-mulher

Caso Flaviana: Acusado confessa assassinato da ex-mulher


Em sua confissão, o acusado revela que já esfaqueou outra ex-mulher e que já cumpriu pena de cinco meses em uma unidade prisional.

Frame do vídeo que circula nas redes sociais. (Foto: Reprodução)

 

Leia também: Mulher é assassinada a facadas pelo ex-companheiro em União.

Leia tambem: Caso Flaviana: Policiais à paisana prendem suposto assassino.

O homem acusado de assassinar a facadas Flaviana de Abreu Silva, de 24 anos, na noite deste domingo (03/04) no Conjunto Manu Veras em União (PI), confessou, em um vídeo gravado pelos policiais e que circula pelas redes sociais, ter cometido o crime contra a ex-mulher.

Em seu depoimento, ele conta a sua versão sobre o fato. No relato, ele diz que após ser impedido pela ex-companheira de ir para Barragem Filinto Rego e levar um tapa no rosto, reagiu furiosamente e deferiu golpes de faca contra ela.

Em sua confissão, o acusado revela que já esfaqueou outra ex-mulher e que já cumpriu pena de cinco meses em uma unidade prisional.

VEJA O VÍDEO;

 

LEIA A CONFISSÃO NA ÍNTEGRA;


"Acusado: - Eu falei que ia para a Barragem [Filinto Rego].

Acusado: - Ela me acompanhou e disse para eu não ir. Quando chegou lá, ela me deu um tapa e, eu me zanguei e ‘larguei’ a faca nela. Porque eu não eu não queria mais nada com ela. 

Um policial pergunta: - Você já tinha um histórico de brigas com ela? 

Acusado: - Sim. Ela já tinha uma medida protetiva contra mim. 

Policial: - Essa não é a primeira mulher que você fura? 

Acusado: - Não. Eu já furei uma, mas eu já cumpri. Passei cinco meses na cadeia."